Feedback Corretivo!

No artigo anterior, apresentei alguns conceitos básicos sobre feedback, enfatizando o “como”, “onde” e “quando”.

Sabemos que o feedback tem papel fundamental nas relações humanas e um papel crucial nas relações profissionais.

No contexto organizacional, há momentos que um líder ou gestor deverá realizar um feedback corretivo, isso quer dizer, colocar determinado profissional, frente a frente com seu desempenho e pontuar as questões pertinentes a serem corrigidas.

Agora, há uma questão fundamental a ser considerada: Pessoas tem personalidades, sentimentos, humores e sensações, estas variáveis por sua vez, interagem com o ambiente externo e sofrem influências a toda hora. Isso pra dizer que, generalizar uma situação, não é inteligente nem tampouco, irá ajudar. É preciso ser pontual e focar na situação que está sendo tratada.

O feedback corretivo é usado para pessoas que estão apresentando baixa performance. Veja como fazer, através destes 4 pontos:

  • Fato

Seja sucinto e descreva o problema de forma clara e objetiva. Não seja evasivo ou generalize dizendo “você sempre chega atrasado”, pois isso dá margem a argumentações desnecessárias. Em vez disso, diga: “Notei que na segunda, terça e quinta você chegou com 30 minutos de atraso”.

  • Reação

Deixe claro o que você sente em relação ao problema. Certifique-se de que o colaborador entenda seu ponto de vista. Diga, por exemplo: “Estou chateado com seus constantes atrasos”.

  • Impacto

Faça o colaborador perceber o real impacto que o problema traz à organização. Isso fará com que ele dê a devida importância a questão. “Ficamos esperando você chegar para iniciar a apresentação. Com seus atrasos todo mundo acaba indo embora mais tarde.”

  • Solução

Dê espaço para que a pessoa encontre a solução. Essa é uma forma de estimular a iniciativa, a responsabilidade e o aprendizado. “O que você vai fazer para que esse problema não volte a ocorrer?”

Lembre-se de preparar esta reunião de feedback de acordo com as dicas do artigo “Feedback nosso de cada dia”. Seja firme e aproveite este momento para mentorar seu colaborador, é o seu papel como líder.

Mantenha o foco nos fatos e nas soluções. Acredite, se agir assim, as pessoas irão se acostumar a serem mais diretas e proactivas quando falarem com você. E, cá entre nós, esse é o sonho de todo líder.

Tens alguma dúvida sobre feedback corretivo? Conte para mim nos comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *