Feedback nosso de cada dia!

Você ja passou por problemas por causa de um feedback mau conduzido? Ou ainda, seu feedback não atingiu o resultado esperado?

Vamos ver algumas implicações e técnicas para te ajudar com feedback.

O que é um feedback e para que serve?
Feedback pode ser definido com uma resposta ao processo de comunicação, alguns gestores cunharam a expressão “Feedback é retroalimentação” ou ainda “Feedback é a resposta que você obtém”, particularmente, sensibilizo-me com esta última, pois considerando o processo de comunicação e relacionamento, o feedback é a resposta que se obtém do processo.

Quanto mais clareza, objetividade, assertividade na comunicação, melhor será seu feedback, considerando a resposta ao processo. Por outro lado, podemos perceber que este é um feedback passivo, ou seja, simplesmente resultado do processo. No momento que voce assume o feedback ativo, vais usar as informações do processo para avaliar, junto com seu time ou com uma pessoa em específico, a performance na tarefa. Aqui reside um grande e crucial problema: o “COMO”, o “QUANDO” e o “ONDE”.

COMO:
O como é fundamental para o feedback, efetivamente, retroalimentar o processo. Antes de mais nada, existe técnica, método e a forma mais adequada sim. Não deve ser de qualquer maneira, ou do tipo: Eu falo, voce escuta. Deve haver comprometimento, respeito e sobretudo, a promoção de melhoria no desempenho do time ou do colaborador alvo.

QUANDO:
Com a maior celeridade possível. Isso quer dizer, tão logo os eventos ocorram, o feedback deverá ser realizado.

Há situações que é saudável, deixar as coisas “esfriarem”, mas sem perder o foco e o “timing“. Isso vale para situações delicadas, especialmente onde os ânimos estão elevados e precisa de um centramento emocional e psicológico mais adequado para gerar o efeito desejado.

ONDE:
Uma reunião de feedback deve ser em local reservado para preservar os participantes. Marque um horario e um local adequado para fazer o feedback, tenha seu roteiro com os pontos a serem tratados, seja assertivo, respeite seu interlocutor e sobretudo, ofereça apoio.

Concluindo, um feedback é um presente, você recebe e agradece. Depois voce confronta as informações com seus comportamentos e atitudes equalizando o que for necessário.

Nos próximos artigos iremos tratar de técnicas para feedback corretivo e feedback sanduíche.

Quais suas principais dificuldades com feeback?
Deixe seu comentário e iremos responder.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *